04 junho 2007

AMIGO!

(Pedro Cara de monga Mário)


Era para escrever uma posta de pescada, mas preferi fazer um post! Afinal é para isto que ele serve!

Meu querido amigo!

Acho que ficaste a saber realmente que não sou assim tão intolerante e de extremos como dizem as más línguas! É só preciso um bocadinho de paciência para me entender. Afinal, todos nós precisamos de muita paciência para podermos aturar as outras pessoas. Todos somos diferentes, felizmente!
A verdade é que há pessoas que acham que devem ser elas a mandar na nossa vida e a impingir-nos os gostos hipócritas delas...eu não tenho paciência para isso...sinceramente já aturo muita merda no trabalho para ter que a aturar entre "amigos". Quando as pessoas não distinguem onde acaba o espaço delas e começa o nosso é porque não vale a pena. Intolerantes e de extremos todos nós somos, como já assisti muitas vezes às intolerâncias e extremos de amigos, não posso admitir que quando chega a minha vez (e acho que não chegou, porque isto é já uma história muito antiga) os amigos deviam tentar perceber o que me incomodava tal como sempre fiz com eles.
Eu não sinto que tenha perdido seja o que for! Tenho em ti um perfeito amigo! Daqueles que já não há! Espero que continues imparcial e que saibas sempre separar as águas como tens feito até agora! Ainda bem que há Amigos que me surpreendem, como tu, nestas horas! Continua a mostrar que és integro, maravilhoso e sobretudo não haja nunca cinismos e hipocrisias na tua personalidade! Se fores intolerante e de extremos algum dia, cá estarei para entender as tuas razões! Não penses que te vou excluir só porque possa achar que tenha razão! Todas as moedas têm 2 faces...há que saber juntá-las para que a moeda tenha todo o seu valor! Quanto às minhas efusões de carinho...para ti haverá sempre o céu delas! Nada como dar miminhos a quem merece! Tenho a certeza que tu vais merecê-los para sempre!!
E não te preocupes com as exclusões! É como te disse no outro dia: pessoas vão entrar e sair da tua vida! Só aquelas que parecerem que um minuto da tua vida durou 50 anos valem a pena! Todo o resto mais vale esquecer!
Podes sempre contar comigo! E se houver mal entendidos poderemos sempre encontrar-nos tentar resolvê-los! Só assim vale a pena a amizade!


1 comentário:

Pedro disse...

Amiga!

Após leitura atenta a este teu post, resolvi mandar esta posta de pescada! :)

Acredita que sempre agirei conforme a minha consciência o mandar. Separando águas, e como observador que sou, tentando sempre ver as duas faces da moeda.

Gosto de imparcialidade e de o ser. Apenas lamento que cegos ávidos de apoio não a vejam e não percebam que os dois lados da barricada, têm pontos a favor e contra, tal como já te disse em diversas ocasiões.

Se alguma vez na nossa caminhada que se chama vida surgir um mal entendido entre nós, acredita que procurarei-te desde o primeiro segundo para o resolvermos o mais cedo possível, como adultos que nós somos, sem deixar que o sismo de 1765, ou o Tsunami de 2005 arrasa esta coisa bonita que nós os 3 temos, e se chama AMIZADE.

Um grande Beijinho para ti e um Forte abraço ao Mário,

Pedro