25 maio 2007

2 Minutos na Boca, o resto da vida nas Ancas e no Rabo!


Vamos então descobrir o paradoxo!


A batata é originária do Peru, onde fora cultivada desde eras imemoriais pelo povo inca, sendo chamada de "papa" na língua quichua. Ainda em nossos dias, nos países andinos, se produz e comercializa mais de 200 variedades diferentes de batatas.
Recente pesquisa baseada no DNA comprovou que todas as variedades da batata descendem de uma única variedade de planta originária do sul do Peru. Esta mesma pesquisa evoca evidências arqueológicas de que o vegetal aí já era cultivado há 7.000 anos para efeitos de alimentação humana.
Em1570 a batata foi levada para Espanha, de lá se disseminando para a Europa e depois para todo o mundo. Atualmente a cultura mundial atinge a cifra de cerca de 300.000.000 toneladas/ano.
A batata é rica em grãos de amido, armazenados nos
amiloplastos.
(in Wikipédia)

Agora a história da batata frita:


Inventadas em 1853, alegadamente na Bélgica, na cidade de Namur.
Os americanos referem-se a elas como fries (fritas).
Na forma de palitos são conhecidas como french fries (fritas francesas).
(in Wikipédia) (Obrigada, Luís)

Acho que o paradoxo consiste na minha pessoa. Podia comer 3 kg de batatas fritas que não ia ganhar nem 1 g. É triste, não gosto de batatas fritas. Na minha casa nem existe fritadeira. Quem quer fritos que os coma na rua...temos pena!

E pronto! A gente vê-se na expo!

1 comentário:

Chico disse...

Então não me querias dizer o link para este blog....
Escreve que tens aqui mais um leitor.

*'s